Porque uma Associação de Apoiadores do o12?

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O Coletivo o12 vem se dedicando a estudar a conquista da autonomia em sistemas vivos. A partir de suas pesquisas, vem entendendo autonomia como uma habilidade para a exploração do ambiente de modo a assegurar a permanência nele.Nossos estudos nos fizeram compreender a necessidade de criar estratégias para que possamos permanecer nos ambientes onde estamos inseridos.A inexistência de políticas públicas capazes de garantir o desenvolvimento da dança como campo profissional não é segredo para ninguém. Se a isso se somar a grave crise do sistema financeiro que vem derrubando as economias no mundo todo, o panorama fica ainda mais grave.

A diminuição do recolhimento de impostos ameaça inviabilizar o sistema de financiamento que sustentava a produção de dança no Brasil.

Refletindo sobre essa realidade, o Coletivo o12 entende que em tempos difíceis como os de agora, há que se inventar formas de sustentabilidade para poder sobreviver.
Essa é a razão pela qual estamos criando a AAo12 (Associação dos Amigos do o12). Trata-se de um mecanismo que possibilita que os interessados na permanência do Coletivo o12 invistam nessa ideia, contribuindo para a manutenção de nossas ações.

A ideia da AAo12 surgiu em março de 2009, mas esperamos alguns meses para lançá-la para que pudessemos criar uma Associação Cultural que nos represente juridicamente. Hoje somos em 15 associados, que contribuem mensalmente com valores que variam entre R$5,00 e R$100,00.

Para se tornar um associado, envie um e-mail para o.doze@hotmail.com

Em quais projetos você acredita?Quais idéias você gostaria que sobrevivessem?Associe-se!

- postando de novo! Começamos as divulgações via e-mail e orkut!

Comments

One response to “Porque uma Associação de Apoiadores do o12?”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Edu O. disse...

Pretinha, obrigado pela constância no blog. Me sinto beijado e gargalhado!! Thiago deixe de sumir da minha vida e os outrs meninos, saudade!!!!!!!!!!

13 de agosto de 2009 13:17