próxima parada:

terça-feira, 23 de junho de 2009



Pois é, neste dia 01 de julho de 2009 lá vamos nós, num carrinho confortável e com aparelho de som, rumo à cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, para acompanharmos de perto uma das principais festas literárias que existem, a FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty), que começa no dia 01 e termina no dia 05, e que neste ano está na sua sétima edição. E pensar que tudo isso começou com uma conversa no meio de produção de um vídeo, grama e comida, quantas alternativas passaram pela nossa cabeça até que tudo isso se tornasse algo concreto? Eu, que mal sei andar de tico-tico topava viajar até de bicicleta. Nos reunimos, dia após dia, com caderninhos, planilhas, rotas, valores e calculadoras sempre à mão para ver de que forma essa viagem poderia acontecer, como ir, onde ficar, o que comer, o que assistir quando chegássemos por lá.

E foi assim que no dia 01 de junho nos encontramos (com um atraso que nos custou uma visão privilegiada dos convidados, mas tudo bem, rs) para comprar os ingressos, no dia e na Fnac em que todo o resto do estado de São Paulo também resolveu comprar. Não importa. Depois de quase um mês as SETE horas que passamos na fila do Ingresso "Rápido", o stress, aquelas pessoas que compravam todos os ingressos, para todas as mesas (sem nem saber ao certo quem é o Zuenir Ventura), a fila de idosos cheia de jovens arrastando os avós, enfim, tudo parece ir ficando pra trás, “depois que passa a gente ri”, é o que dizem, e é um pouco verdade.

Na FLIP vamos acompanhar o show de abertura com a Adriana Calcanhoto e as mesas “Deus, um delírio”, com Richard Dawkins em conversa com Silio Boccanera, “Sequências brasileiras”, com Chico Buarque e Milton Hatoum com mediação de Samuel Titan Jr., “Antologia Pessoal”, com Edson Nery da Fonseca e Zuenir Ventura, com mediação do Humberto Werneck, e provavelmente mais algumas, mas a memória não me ajuda muito agora [ programação completa no blog do evento: http://www.flip.org.br/].

Bom, é claro que preciso falar sobre o assunto que me levou a contar minha vontade de viajar para todo mundo, e me fez ficar na fila (e ficaria por muitas outras horas), e que me faz estar ansiosa desde abril, quando eu soube da Flip, dos eventos, dos convidados: Chico Buarque. O que eu quero de verdade é agradecer a cada um do o12, pois foram as pessoas que conseguiram olhar para essa minha vontade absurda de conhecer esse homem de uma maneira diferente.. O que muitos veriam apenas como puro fanatismo, tietagem, amor desmedido (e é realmente tudo isso e muito mais, não posso negar) foi pensado de uma maneira diferente, e não tem problema se eu sinto tudo isso por ele. O que importa é que o que sinto também pode se juntar à vontade que todos têm de ouvir o Dawkins e Zuenir contando sobre o seu trabalho, de ouvir a Adriana, de participarmos das outras programações que acontecem, viajarmos juntos, aprendermos juntos. Quero agradece-los e dizer que vocês são as pessoas certas para estarem comigo nesse momento tão especial!

[ps: os 17 cd's que tenho do Chico já estão separados para que possamos ouvi-los durante as horas de viagem! Hahaha, brincadeirinha!]

- ariane

(para esta ação o Coletivo o12 conta com o apoio da Secretaria de Cultura de Votorantim)

Comments

3 Responses to “próxima parada:”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Anônimo disse...

será incrível tenho certeza...



thiago

24 de junho de 2009 07:13
Anônimo disse...

agora vê se beija o Chico.

24 de junho de 2009 10:54
Cecília disse...

Oi, pessoal do Coletivo. Tudo bem? Sou a Cecília e trabalho na Edelman, que é a agência de comunicação da Jorge Zahar Editor. A Zahar estará presente com o autor do livro Cinefilô, Ollivier Pourriol, lançado recentemente. Ele fará uma palestra na Casa de Cultura, dia 02, sobre Cinema e Filosofia usando trechos de filmes como Blade Runner, X-Men e Matrix para falar de conceitos filósoficos. Mais informações - http://www.zahar.com.br/noticias_eventos.asp
Fica aí a nossa dica, se der tempo de vocês irem.
Um abraço!

29 de junho de 2009 13:45